Novo lar, nos aguarde… Estamos chegando.


Boletim 002/2022


Nossa nova sede está tomando corpo, tomando forma. Os últimos meses foram de “mão na massa”, construindo juntos cada cantinho onde viveremos nossos próximos capítulos.


Recebemos a oficialização da notícia do novo lar em junho de 2021, quando saiu a cessão de uso para o local onde funcionava a Fundação Elcy Freire de Carvalho, em Mussurunga. Um misto de sentimentos tomou conta de todos nós: alegria pela conquista, saudades antecipadas da Casa da Providência, preocupações em relação aos novos passos. Sabíamos que o orçamento inicial da obra estava em torno de R$300.000,00 e que o local precisava de inúmeras adequações para concretizarmos nossos planos - espaço mais amplo para nossas crianças efetuarem seus tratamentos e nossos voluntários receberem os treinamentos profissionais.



Chaves nas mãos, começamos a reforma em 07/21. Mergulhamos na obra com o objetivo claro de criar espaços para atendimento das nossas crianças - mais ou menos em torno de 10 salas. Para seguir conosco nessa empreitada, contamos com o apoio de Dado, engenheiro da obra: “Quando as meninas do Abraço me ligam e dizem que precisam de mim, nem pergunto para que é. Eu vou lá e vejo o que preciso fazer”, relata Dado.


Trabalhamos na infraestrutura de cerca de ⅓ da área - toda a parte elétrica, hidráulica, rampa de acesso, além da troca de piso e da pintura. O jardim não poderia ficar de fora - foi feita uma limpeza e manutenção nesse espaço tão especial da nossa nova casa.

Participar de um projeto como esse não agrega só experiência profissional. Dado fala com o coração e expressa genuinamente suas emoções ao falar sobre o projeto: “Amor, Beleza, Raça, Ação, Carinho, Orgulho em participar - Tudo isso é o ABRAÇO”.



Para as famílias que fazem parte da ONG, estamos vivendo a concretização de um sonho. “Para todos nós é uma conquista muito grande, pois, depois de 06 anos, temos nossa sede própria. Teremos mais acessibilidade, já que, com a reforma, todo espaço está sendo adaptado para a mobilidade das crianças”, relata Mara, mãe de Benjamin, associado à ONG aBRAÇO à Microcefalia. Ela lembra ainda que “o acesso ao local será mais fácil, pois o ponto de ônibus fica em frente à sede”.


O acesso à Casa da Providência - nossa primeira sede - sempre foi um ponto de preocupação: “era preciso andar, subir a ladeira para chegar no Abraço e conseguir fazer serviços essenciais no desenvolvimento das nossas crianças, como o de reabilitação”, lembra Joana Passos, presidente do Abraço. Vamos lembrar que, em sua maioria, as crianças têm dificuldades motoras e o ponto de ônibus mais perto da Casa da Providência ficava a 1Km.


Mantendo uma marca do Abraço - participação efetiva das famílias -, a adaptação física do local contou, também, com esse olhar fundamental: “Tivemos parte em alguns ajustes e isso nos faz mais pertencentes a esse espaço. Estou muito contente com esse novo momento e em saber que sou parte dessa família.”, conclui Mara.



“Amei a mudança para nova sede (...) Foi algo demorado e suado de se conquistar e agora a ONG terá mais que nunca nossa presença. Tudo o que a ONG oferecia antes, com a nova sede vai poder abrir portas para oferecer muito mais para minha filha, para os filhos das famílias associadas.”
Raniele, mãe de Clara.


Estamos mudando essa realidade, dia a dia, tijolo a tijolo. Casa nova, alicerçada na essência do Abraço - acolhimento, escuta, participação efetiva de quem faz nossa ONG acontecer. Trouxemos da Casa da Providência tudo que aprendemos nesses primeiros anos de existência. A primeira etapa da reforma foi concluída, e apesar de ainda faltar muito para a nossa casa ficar completamente pronta, estamos de braços abertos para acolher nossas famílias e escrever mais capítulos da nossa história.




Quer fazer parte da nossa história? Apoie a nossa causa clicando aqui.


Boletim 002/2022


Núcleo Comunicação

Aline Maia

Cristiane Magalhães

Jaianne Costa

Joana Passos

Natália Borges

71 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo